Pular para o menu

FUP diz que PIDV aumentará risco de acidentes na Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
PETROLEIROS
Chamada: 
Adesão de 11,7 mil funcionários ao programa representa redução drástica no quadro da estatal

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) afirma que os desligamentos de funcionários da Petrobras pelo Plano de Incentivo à Demissão Voluntária (PIDV) vão aumentar o risco de acidentes nas diversas frentes de trabalho da empresa.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Petrobrás prefere intimidar Sindicato a coibir desmandos de terceirizada

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
CONTRADIÇÃO
Chamada: 
Categoria precisa cerrar fileiras contra as práticas antissindicais e a cumplicidade com os abusos

Ao invés de buscar meios para acabar com as constantes ilegalidades praticadas por empresas terceirizadas, a Petrobrás prefere intimidar e coibir a ação sindical. Isto é o que se deduz da decisão da Companhia de criar um Grupo de Trabalho ligado à segurança da informação para averiguar um suposto incidente envolvendo a utilização de dados referentes ao contrato de prestação de serviços da TENASA.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Ilustração
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SINDIPETRO-RN participa de protesto contra Vicunha Têxtil por demissão de trabalhador

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Ato de Repúdio
Chamada: 
Movimento sindical é convocado pela CTB/RN para se solidarizar ao companheiro da categoria têxtil

Convidado pela direção da CTB/RN, o SINDIPETRO-RN participa na próxima sexta-feira, dia 21 de fevereiro, às 13 horas, de um ato em protesto à VICUNHA TÊXTIL (estrada de Extremoz), contra a demissão do trabalhador José Alberto, candidato à presidente pela Chapa – 02 nas eleições do SINDTÊXTIL/RN. Também estão solidários à causa os companheiros e companheiras da FORÇA SINDICAL, CNTI, FECEB, NOVA CENTRAL, FTI/RN, SINDSEGUR, CGTB, UGT, CONLUTAS, também de amigos e companheiros da categoria têxtil.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Sindicatos agendam ato nacional pela recomposição do efetivo

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
PIDV
Chamada: 
FUP e sindicatos filiados decidiram realizar um grande ato político, em Campinas, no próximo dia 13 de fevereiro

A Federação Única dos Petroleiros – FUP e os sindicatos a ela filiados decidiram realizar um grande ato político, em Campinas, no próximo dia 13 de fevereiro. A manifestação aprovada em reunião do Conselho Deliberativo da FUP tem por objetivo dar início a uma nova Campanha pela Recomposição do Efetivo, exigindo que todos os postos de trabalho liberados pelo Programa de Incentivo ao Desligamento Voluntário – PIDV, bem como pelo Mobiliza, sejam imediatamente repostos pela Companhia. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Com argumentos contraditórios, Petrobrás rescinde contrato com três trabalhadores

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Prática antissindical?
Chamada: 
Medida foi tomada no período pós-greve e pode representar retaliação ao movimento

O SINDIPETRO-RN ajuizou ação, na última sexta-feira, 22, requerendo a reintegração à Petrobrás de três técnicos de Química demitidos recentemente. A alegação da Empresa, conforme comunicado recebido por Alex Matheus, Carlos Bezerra e Jardeilson Soares, é de que a formação original dos petroleiros é em “Petróleo e Gás”, diferindo daquela que foi exigida pelo edital do concurso em que foram aprovados, que era de “Química do Petróleo”.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Graziella Sousa
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Baseada em convenções da OIT, Justiça condena empresa por demissão de grevista

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Primeira Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenou na quarta-feira (22) a Companhia Minuano de Alimentos por ver prática antissindical na demissão de um funcionário que participou de uma greve. O ministro Vieira de Mello Filho manteve entendimento da Justiça de segunda instância (regional) que se baseou em acordos internacionais firmados pelo Brasil.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo