Pular para o menu

Entrega

Bolsonaro entrega tudo: Petrobrás dá início à privatização da BR

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobrás deve anunciar ainda nesta quarta-feira (22) a decisão de privatizar a BR Distribuidora, reduzindo sua participação na empresa de 71% para 40%, colocando em movimento uma dos maiores transferências de patrimônio público do governo Bolsonaro e retirando a estatal de mais uma de suas inúmeras atividades econômicas. É um passo relevante da entrega do patrimônio brasileiro para os grandes grupos, em especial strangeiros. A operação renderá comissões bilionárias para seus protagonistas 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP entrega proposta de renovação de ACT

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Federação Única dos Petroleiros entregou nesta quarta, 15, proposta de renovação do Acordo Coletivo para os próximos dois anos, ao final da reunião de acompanhamento de acordo. A FUP e seus sindicatos, entendem que hoje, o acordo coletivo representa uma das maiores conquistas da categoria petroleira e é reconhecido nacionalmente por outras categorias como um dos melhores instrumentos que regulam a relação capital e trabalho.

FUP
Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Semana decisiva para barrar a entrega do Pré-Sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Dirigentes e militantes da FUP e de seus sindicatos desembarcam em Brasília nesta terça-feira, 27, para mais uma semana de luta na tentativa de impedir a aprovação do Projeto de Lei da Câmara 78/2018, que tramita em regime de urgência no Senado Federal.
Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Brigada petroleira se mobiliza no Senado contra entrega do Pré-Sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Representantes da FUP e de seus sindicatos desembarcaram nesta segunda-feira, 05, em Brasília para mais uma jornada de luta contra o Projeto de Lei Complementar 078/2018, que autoriza a venda de 70% dos cinco bilhões de barris de petróleo do Pré-Sal, que a Petrobrás adquiriu em 2010 através do Contrato de Cessão Onerosa, cujas reservas excedentes podem chegar a 15 bilhões de barris de óleo e gás.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Após eleição de Bolsonaro, Senado acelera entrega do Pré-Sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Enquanto a população brasileira ainda assimila a vitória do ultradireitista Jair Bolsonaro (PSL), eleito no domingo presidente do país, os entreguistas se apressam para aprovar no Senado o Projeto de Lei Complementar 078/2018, que permitirá ao novo governo vender 70% dos cinco bilhões de barris de petróleo do Pré-Sal, que a Petrobrás adquiriu em 2010 através do Contrato de Cessão Onerosa.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Votação do PLC que entrega o pré-sal é adiada para depois das eleições

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Após um dia intenso de mobilizações da Brigada Petroleira, em Brasília, nesta terça-feira, 4, os trabalhadores conquistaram mais uma vez que fosse adiada a votação dos Projetos de Lei Complementar 77 e 78/2018, no Senado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores pressionam e Senado retira requerimento de urgência para entrega da Cessão Onerosa

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Surtiu efeito a pressão que a FUP e seus sindicatos fizeram no Senado federal, em esforço coletivo com os eletricitários, para impedir que fossem colocados em regime de urgência os Projetos de Lei Complementar que liberam a venda das distribuidoras da Eletrobrás e de 70% dos c

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Brigada petroleira pressiona e Senado tira da pauta projeto que entrega a cessão onerosa

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Soberania

A FUP e seus sindicatos realizam mais uma força tarefa esta semana em Brasília para impedir a votação no Senado do Projeto de Lei 8.939/17, que autoriza a Petrobrás a abrir mão de 70% dos cinco bilhões de barris de petróleo da Cessão Onerosa do Pré-Sal. De autoria do deputado federal José Carlos Aleluia (DEM-BA), o projeto já foi aprovado a toque de caixa na Câmara e está novamente sofrendo pressão do governo Temer e das petrolíferas estrangeiras para ser votado em regime de urgência também no Senado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Temer entrega pré-sal na farra das petroleiras internacionais

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Shell, ExxonMobil, Chevron, BP Energy, Petrogal, Statoil (estatal norueguesa) foram as vencedoras da 4ª rodada de licitação do pré-sal, que aconteceu nesta manhã (7) no Rio de Janeiro -quarto bloco será leiloado a seguir; Governo Temer prossegue liquidação do patrimônio nacional a preço de banana. O leilão envolve quatro áreas nas bacias de Campos e Santos.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás entrega 25% do Campo de Roncador para a Statoil

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Lesa-pátria
Chamada: 
Barril “vendido” à estatal norueguesa por Pedro Parente sai pela bagatela de US$ 9,40

Pelo menos 250 milhões de barris de óleo equivalente por US$ 2,9 bilhões, sendo US$ 2,35 bilhões no fechamento da operação e US$ 550 milhões em pagamentos contingentes. Este, em síntese, é o mais novo acordo lesa-pátria fechado pelo presidente-entreguista da Petrobrás, Pedro Parente.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:
Divulgar conteúdo