Pular para o menu

FUP

Todos às assembleias para reafirmar: Nenhum direito a menos!

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O SINDIPETRO-RN conclama os trabalhadores e trabalhadoras do Sistema Petrobrás às assembleias para rejeitar a proposta da Petrobrás que rebaixa o Acordo Coletivo, pavimenta um caminho para a privatização, e retira direitos da classe trabalhadora. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP e FNP discutem ação conjunta em defesa do ACT

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Dirigentes da FUP e da FNP se reuniram na manhã desta quarta-feira, 22, para discutir estratégias de negociação conjunta com a Petrobrás e subsidiárias durante a campanha reivindicatória. A primeira reunião com a empresa acontece nesta tarde, quando ambas as entidades cobrarão a renovação do Acordo Coletivo de Trabalho, como já foi protocolado pela FUP e FNP no último dia 15.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

8ª Plenafup começa quinta em Belo Horizonte

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Com o tema “Liberdade Sindical, Direitos e Petrobrás do povo”, a 8ª Plenária Nacional da FUP começa quinta-feira, 23, em Belo Horizonte, com o desafio de construir uma ampla agenda de luta contra o desmonte do Sistema Petrobrás e os ataques do governo Bolsonaro aos direitos dos trabalhadores. Cerca de 200 petroleiros e convidados são esperados para a Plenária, que prossegue até domingo, 26.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP entrega proposta de renovação de ACT

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Federação Única dos Petroleiros entregou nesta quarta, 15, proposta de renovação do Acordo Coletivo para os próximos dois anos, ao final da reunião de acompanhamento de acordo. A FUP e seus sindicatos, entendem que hoje, o acordo coletivo representa uma das maiores conquistas da categoria petroleira e é reconhecido nacionalmente por outras categorias como um dos melhores instrumentos que regulam a relação capital e trabalho.

FUP
Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Quais são as perspectivas com a venda das refinarias da Petrobras?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Privatização
Chamada: 
Castello Branco: “Minha ideia é ficar com menos de 50% da capacidade do refino"

Desde que assumiu a presidência da Petrobras, Roberto Castello Branco colocou como prioridade da sua gestão a venda de parte do parque de refino da estatal brasileira. Segundo notícia veiculada pela Forbes, em uma de suas primeiras declarações como presidente da Petrobras, Castello Branco, em janeiro de 2019 afirmou que não pretendia se “prender a um programa tímido de venda do refino, [como por exemplo] vender 60% de ‘clusters’(...) restringir compradores. Qualquer um [agente do setor] pode entrar”.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Agência Petrobrás
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Venda da TAG é ilegal e será contestada pela FUP

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A FUP irá contestar na Justiça a privatização da Transportadora Associada de Gás (TAG), vendida pela Petrobrás por US$ 8,6 bilhões para o grupo francês ENGIE e o fundo canadense CDPQ. O anúncio foi feito no último dia 05, à revelia da decisão cautelar do Ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que proíbe a venda de ativos de empresas públicas sem autorização do Legislativo.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP chama Petrobrás para reunião

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Federação Única dos Petroleiros aguarda resposta da empresa sobre solicitação de reunião para tratar dos assuntos abaixo:

. Apresentação da direção da Federação Única dos Petroleiros ao novo GE de Gestão de Pessoas.
. PLR 2018 e 2019.
. Apresentação do plano de arrecadação da AMS (parágrafo 1º da cláusula 31ª do ACT vigente) citado no ofício GP/EGP/RE/CRS 0051/2019.
. Encaminhamento da proposta das entidades para o PED.
. Descumprimento do Código de Ética no seu item 2.5

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Encontro jurídico da FUP debate perspectivas para a campanha reivindicatória

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As assessorias jurídicas da FUP e de seus sindicatos reuniram-se entre os dias 02 e 03 abril, no Rio de Janeiro, para debater estratégias de luta que possam garantir os principais direitos e conquistas dos trabalhadores do Sistema Petrobrás, diante da atual conjuntura de ataques dos gestores da empresa e do governo Bolsonaro.

O encontro discutiu perspectivas negociais para o Acordo Coletivo de Trabalho durante a campanha reivindicatória que se aproxima, cujas propostas serão encaminhadas à direção da FUP.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petroleiros foram estopim da primeira greve geral na ditadura

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em 05 de julho de 1983, os petroleiros da Replan (SP) iniciaram uma das mais importantes greves da categoria, que logo em seguida teve a adesão dos trabalhadores da Rlam (BA). Foram sete dias de enfretamento, em um movimento essencialmente político contra a ditadura, cujo estopim foi um decreto do general João Batista Figueiredo, para cortar direitos dos trabalhadores de estatais e reduzir efetivos.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

FUP cobra na Justiça afastamento do presidente da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A FUP ingressou quinta-feira, 21, com Ação Civil Pública na Justiça Federal do Rio de Janeiro, cobrando o imediato afastamento de Roberto Castello Branco do comando da Petrobrás. A entidade acusa o executivo de exercício abusivo de poder e de lesar a ordem econômica e financeira da empresa, o interesse nacional e os objetivos da estatal.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo