Pular para o menu

Petrobrás

Nova política da Petrobras ameaça 8 mil empregos no RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As recentes declarações do presidente da Petrobras Roberto Castello Branco a um grupo de empresários no Rio de Janeiro garantindo que a empresa vai concentrar até 2020 as atividades de exploração e e produção de petróleo e gás natural nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo repercutiram no Rio Grande do Norte, um dos estados que mais produziram petróleo nacionalmente.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Nova política da Petrobras ameaça 8 mil empregos no RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As recentes declarações do presidente da Petrobras Roberto Castello Branco a um grupo de empresários no Rio de Janeiro garantindo que a empresa vai concentrar até 2020 as atividades de exploração e e produção de petróleo e gás natural nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo repercutiram no Rio Grande do Norte, um dos estados que mais produziram petróleo nacionalmente.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás apresenta terceira contraproposta de ACT que mantém graves cortes de direitos

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em reunião com o movimento sindical petroleiro, a gestão da Petrobrás apresentou a sua terceira contraproposta para o Acordo Coletivo de Trabalho, que afirma ser a “final”.

A empresa mantém uma série de cortes de direitos, além de prever reajuste salarial abaixo da inflação. A FUP reúne seu Conselho Deliberativo no próximo dia 13, no Rio, para definir encaminhamentos para a Campanha Reivindicatória.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petrobrás convoca nova reunião de negociação do ACT

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Em documento enviado hoje (5), a Petrobrás convocou a Federação Única dos Petroleiros para nova rodada de negociação do Acordo Coletivo no próximo dia 08/08, quinta-feira, no Rio de Janeiro.

A empresa já apresentou duas propostas de ACT que foram amplamente rejeitadas pelos trabalhadores de todo Brasil.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Quem lucra e quem paga a conta do desmonte da Petrobrás?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O anúncio dos resultados da Petrobrás no segundo trimestre de 2019 está sendo festejado pelos gestores da empresa, pelo governo e pelo mercado. Não poderia ser diferente.  Os R$ 18,8 bilhões que a Petrobrás “lucrou” foram obtidos às custas da entrega do patrimônio público, projeto principal da equipe econômica do governo Bolsonaro.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

A Petrobrás pode vender refinarias? E a decisão do STF sobre privatização de estatais?

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Petrobrás iniciou a venda de quatro das oito refinarias, junto com os terminais marítimos e terrestres, além de todo o sistema logístico ligado a essas unidades operacionais, cuja privatização foi anunciada em abril deste ano. Porém, recentemente, uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) liberou a venda de subsidiárias de estatais sem aval do Legislativo e sem Licitação, mas manteve essas regras para venda de empresas mãe, como é o caso da Petrobrás.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Audiência derruba mitos sobre quebra da Petrobrás e inviabilidade do Pré-sal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Petróleo
Chamada: 
Câmara dos Deputados Federais debateu as perspectivas e o futuro do petróleo no Brasil

Audiência pública, realizada nesta quarta-feira, 10, na Câmara dos Deputados Federais, provou que o Pré-Sal sempre foi viável e que a Petrobrás nunca esteve quebrada, como argumentam aqueles que defendem a privatização da estatal e a desnacionalização do petróleo brasileiro. (Acesse aqui a íntegra das exposições)

A audiência, proposta pelo deputado federal José Neto (PT/BA), na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços, debateu as perspectivas e o futuro do Pré-Sal  

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FUP
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Sindicato convoca categoria para apreciar nova proposta da Petrobrás

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Reunida na manhã desta segunda-feira, 8, a Diretoria do SINDIPETRO-RN decidiu aprovar um calendário de sessões deliberativas de assembleia geral para que seja apreciada a segunda contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho – ACT, recentemente apresentada pela Petrobrás. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Decisão política de venda das refinarias da Petrobras

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Aprovado já pelos ministros do governo que compõem o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), a Petrobras pretende vender oito de suas treze refinarias em até 24 meses, disse o presidente da petrolífera, Roberto Castello Branco. A estatal já fez divulgação de oportunidades de venda, a qual será realizada em duas etapas.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
UOL Economia
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

"O presidente da Petrobrás mente quando diz que vender refinarias vai baixar os preços", afirma FUP

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) participou nesta quarta-feira (25) de audiência pública no Senado Federal, que debateu a política de preços dos combustíveis pela Petrobras, suas consequências na atração de investimentos em refino, infraestrutura logística e impacto para os consumidores.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo