Pular para o menu

"O Livro Negro da Ditadura Militar” é relançado no XVI CONFUP

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Para não esquecer
Chamada: 
Obra que denuncia atrocidades foi escrita, impressa e distribuída na clandestinidade

Com o cinquentenário do golpe militar, em 2014, nada mais adequado que mostrar às novas gerações um pouco da história do Brasil que não pôde ser revelada durante o período em que a ditadura esteve instalada no País. O relançamento de “O Livro Negro da Ditadura Militar”, na última quinta-feira, 14, durante o XVI CONFUP, tem esse propósito. Na ocasião, esteve presente o jornalista Bernardo Joffily.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Livro-denúncia sobre atrocidades da ditadura será relançado nesta quinta-feira, 14, durante o XVI CONFUP, em Natal

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
“Livro Negro da Ditadura Militar”
Chamada: 
Primeira edição foi inteiramente pesquisada, escrita, impressa e distribuída clandestinamente, em 1972

Na próxima quinta-feira, 14, às 18h30, acontece o relançamento da 2ª edição do “Livro Negro da Ditadura Militar”, uma cópia fiel à primeira edição que foi publicada e distribuída clandestinamente, em 1972, no auge da ditadura militar, pelo grupo revolucionário Ação Popular (AP). O evento será realizado no Hotel Pirâmide (Via Costeira), em Natal/RN, dentro da programação do XVI Congresso Nacional dos Petroleiros (CONFUP).

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo