Pular para o menu

A saída é coletiva

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Covardia. Essa é a palavra que sintetiza a postura da gestão da Petrobrás ao negar direitos básicos para os trabalhadores terceirizados, liberar demissões em massa e criminalizar a liberdade e autonomia sindical.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

SINDIPETRO-RN participa de Seminário Nacional dos Petroleiros Terceirizados e do Setor Privado

Publicar no Na Hora: 
off

Com o objetivo de fazer uma análise mais detalhada e identificar novas formas de fortalecimento da ação sindical no setor privado da categoria petroleira, o SINDIPETRO-RN participou do Seminário Nacional dos Petroleiros Terceirizados na última terça-feira, 24, em Salvador.

O evento reuniu a direção da FUP e vários sindicatos filiados, além de trabalhadores de outras bases. Pelo SINDIPETRO-RN, foram os seguintes participantes: Márcio Dias, Manoel Assunção, Eufrásio Paulino e Darc Lays. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Acidente em terminal da Transpetro no ES mata dois trabalhadores terceirizados

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Insegurança

Dois trabalhadores terceirizados da empresa Espiral morreram na tarde desta terça-feira, 07, no Terminal da Transpetro de Barra do Riacho (TABR), na cidade de Aracruz, situada norte do Espírito Santo. O acidente ocorreu quando os trabalhadores estavam realizando a montagem de um andaime na ponta do píer, sobre o mar, para fazer a manutenção na instalação oceanográfica do terminal.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

29º CEPETRO-RN: Unir o movimento sindical petroleiro para avançar no rumo de novas conquistas

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
29º CEPETRO-RN
Chamada: 
Pauta unitária, calendário unificado e mesa única de negociação são os grandes desafios

A unidade na luta e os caminhos para alcançá-la. Estas foram as principais preocupações presentes nos debates realizados no 29º Congresso Estadual dos Petroleiros e Petroleiras do RN – CEPETRO-RN. Com o tema “Desafios do Movimento Sindical Petroleiro em 2014”, o evento foi realizado em 31 de maio, no Centro de Formação de Educadores Maristas, em Extremoz, município da Região Metropolitana de Natal.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Graziella Sousa
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores terceirizados animados com participação em Congresso

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Alban Engenharia
Chamada: 
Evento será oportunidade para debater crescente precarização das relações de trabalho

Trazer para os debates do 29º Congresso a realidade precária enfrentada pelo setor privado. Esta é a disposição demonstrada pelos trabalhadores e trabalhadoras da Alban Engenharia, em visita realizada pela Diretoria do SINDIPETRO-RN à Base 34, sede administrativa da Petrobrás, em Mossoró.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Terceirizados da Petrobras param

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

No início da noite, através de nota, a Petrobras informou que atua junto às empresas prestadoras de serviço como dispõe a legislação pertinente e de acordo com os contratos assinados e que, no caso em questão, “todos os repasses financeiros relativos aos serviços prestados pela empresa foram realizados”. A empresa informou também que está buscando “minimizar os impactos para os trabalhadores e para as operações da companhia, respeitando as condições que o contrato e a legislação impõem”. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Marcos Garcia / Tribuna
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Trabalhadores terceirizados do Ministério da Justiça paralisam atividades

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Agência Brasil

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Bacia de Santos registra dois acidentes em menos de 72 horas

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Trabalhadores em alerta
Chamada: 
Em circunstâncias parecidas, morre outro petroleiro de empresa contratada pela Petrobrás

Um dia após ter arrematado oito blocos de petróleo na 11ª Rodada, a Queiroz Galvão protagonizou mais um acidente de trabalho em suas plataformas. Mirival Costa da Silva, 35 anos, perdeu a vida em um acidente na manhã do último dia 15, à bordo da SS-83, plataforma de perfuração da Queiroz Galvão, contratada pela Petrobrás na Bacia de Santos. Ele caiu de uma das cestas da plataforma, a uma altura de sete metros, quando realizava uma operação.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Trabalhadores acusam empresas de omitirem informações

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Fraude
Chamada: 
Queixas sobre casos de subnotificação de acidentes de trabalho no setor privado estão crescendo

O SINDIPETRO-RN tem recebido muitas queixas sobre casos de subnotificação de acidentes de trabalho no setor privado. Informações sobre tais ocorrências não estariam sendo repassadas à entidade, e os trabalhadores dizem que isso é uma prática corriqueira nas empresas. Só na ETX, em um período de 16 dias, teriam ocorrido cinco acidentes.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

Atraso nas negociações pode levar trabalhadores à greve

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
BAKER
Chamada: 
A última contraproposta da empresa, apresentada no dia 4 de agosto, foi amplamente rejeitada pela categoria

Apesar do mês de agosto já estar se encaminhando para o final, os trabalhadores e trabalhadoras da Baker, com data-base em maio, ainda não obtiveram da empresa uma resposta satisfatória aos pleitos para renovação do Acordo Coletivo. A última contraproposta da Baker, apresentada no dia 4 de agosto, foi amplamente rejeitada pela categoria, e o prazo para encaminhamento de uma nova proposição já se encerrou. A própria empresa havia assumido um compromisso junto ao sindicato de apresentar nova contraproposta até o dia 13 de agosto.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:
Divulgar conteúdo