Pular para o menu
1427223849
SUBSEDE/MOSSORÓ

Em reinauguração, participantes debatem importância da Petrobrás

Após meses passando por uma reforma estrutural, o espaço foi reaberto na última sexta-feira, 20

24 de março de 2015 às 16:04

destaque

Foto: Arquivo

A subsede do SINDIPETRO-RN, em Mossoró, está de cara nova. Após meses passando por uma reforma estrutural, o espaço foi reinaugurado na última sexta-feira, 20, em cerimônia que contou com a presença de representantes de diversas categorias de trabalhadores da cidade e parlamentares. As novas instalações contam com três salas, nas quais serão distribuídos os setores jurídico e administrativo, diretoria e assessorias, além de um espaço para eventos com cozinha integrada e banheiros adaptados para portadores de necessidades especiais.

Presente à solenidade, o coordenador-geral do Sindicato dos Petroleiros, José Araújo, destacou a expectativa de ampliar e melhorar o atendimento à categoria. “Vamos dispor de um espaço mais funcional, confortável e acessível para os trabalhadores”, frisou. Quem também prestigiou o evento foi o vice-prefeito de Mossoró, Prof. Luiz Carlos. Ele afirmou que “os trabalhadores da região terão um excelente suporte na luta por seus direitos”. “Como ex-sindicalista do SINTE-RN, fico feliz em ver a classe trabalhadora da cidade se fortalecendo e ampliando suas estruturas. O SINDIPETRO – RN está de parabéns”, destacou Luiz Carlos.  

Discussão – Ainda durante a solenidade, foi realizada uma discussão sobre os ataques que a Petrobrás vem sofrendo. A mesa foi composta pelo vice-prefeito; pela CTB; pela Associação de Engenheiros da Petrobras – AEPET; pelo SINDIVAREJO; pelo representante da reitoria do IFRN/Mossoró; e por representantes do Partido Comunista do Brasil – PCdoB e do Partido dos Trabalhadores – PT; além do coordenador-geral do SINDIPETRO-RN, José Araújo.

Em sua fala, o coordenador chamou a atenção para o grande número de empresas internacionais e grupos com interesses políticos conservadores, que almejam desqualificar e vender a Petrobrás, acobertados pela mídia golpista, manipuladora de informações. “Em 2015, a Companhia bateu recordes na produção de petróleo, ultrapassando 2,6 milhões barris por dia, com grandes perspectivas de ampliação. Isso tem atraído grandes interesses, pois se trata de uma forte concorrente”, declarou Araújo.


Já, o comunista Gutemberg Dias focou na valorização da Petrobrás como instrumento essencial para o desenvolvimento da economia brasileira. “Hoje, a área de petróleo e gás representa 13% do PIB Industrial brasileiro, sendo responsável pelo crescimento no número de empregos e no aumento da renda nos Estados e municípios do país, e por isso deve ser protegida” explicou.

Refletindo sobre a importância do mercado de petróleo para os estudantes da área, o professor do curso Técnico de Petróleo e Gás do IFRN, Ricardo Pinheiro, deu seu recado: “Espero que os alunos do Instituto possam contar com o apoio do Sindicato quando entrarem no mercado de trabalho, além de lutar junto à entidade para acabar com a crise no setor e garantir mais empregos na cidade e região”. 

O professor ainda chamou a atenção para o reduzido número de oportunidades de estágio para os discentes do curso. “Temos turmas com apenas três alunos estagiando na área de petróleo e gás, o que é um grande prejuízo para o setor, já que temos mão de obra qualificada e interessada, porém sem postos de trabalho ativos”, explicou.

Sobre essa questão também falou o diretor do SINDIPETRO-RN para o Setor Privado, Manoel Assunção. Ele se mostrou otimista quanto ao retorno dos investimentos na região. Segundo Assunção, novas sondas estarão operando na área até o final do ano. “No último encontro com Graça Foster, ex-presidenta da Petrobras, foi garantido que duas novas sondas de produção e quatro sondas de perfuração devem operar na cidade até o final deste ano, o que aumentaria o número de empregos e estágios”, explicou Assunção.

Cerca de sessenta pessoas compareceram à reinauguração da subsede, que retorna ao endereço da Avenida Venceslau Brás, nº 400, no Bairro de Paredões, Centro de Mossoró. O telefone segue o mesmo: (84) 3317-2034.

 

 

Compartilhar: