Pular para o menu
1298317890

Gabrielli diz que ainda não há previsão de retirada de funcionários da Petrobras na Líbia

21 de fevereiro de 2011 às 16:51

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, disse hoje (21) que, por enquanto, não foram registrados problemas envolvendo funcionários da empresa na Líbia, país do Norte da África afetado por protestos. Segundo Gabrielli, apenas cerca de dez brasileiros trabalham no país e, até o momento, não está prevista a retirada deles do território líbio.

De acordo com o presidente da estatal, a empresa desenvolve apenas uma pequena atividade exploratória (busca de petróleo) em terra, na região da capital líbia, Trípoli.

Em coletiva à imprensa, Gabrielli também disse que os protestos que atingem países árabes geram algumas incertezas sobre como a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) vai reagir diante dessa situação.

Agência Brasil

Compartilhar: