Pular para o menu
1463602053
Emissão de bônus

Petrobras volta ao mercado internacional e capta US$ 6,75 bilhões

A companhia também anunciou um plano de recompra de até US$ 6 bilhões em bônus

18 de maio de 2016 às 17:07

A Petrobras efetuou nesta terça-feira a captação de US$ 6,75 bilhões com a emissão de bônus no mercado internacional de 5 e 10 anos, na primeira oferta global realizada por uma empresa brasileira desde junho e a primeira desde o afastamento da presidente Dilma Rousseff.

De acordo com os dados divulgados pela companhia, foram captados US$ 5 bilhões com a venda do bônus com prazo de 5 anos e cupom de 8,375% ao ano, ao preço de 99,002% do valor de face, garantindo aos investidores um rendimento de 8,625%. Também foram emitidos US$ 1,75 bilhão em títulos de 10 anos e cupom de 8,75%, que foi vendido a 98,374%, com rendimento de 9%.

A companhia também anunciou um plano de recompra de até US$ 6 bilhões em bônus --inicialmente, a empresa tinha limitado a recompra a US$ 3 bilhões. O acordo está sujeito ao consentimento da maioria dos detentores de bônus, que também terão que dar permissão para mudanças nos termos contratuais dos papéis, disse a empresa.

Ao mesmo tempo, a agência de classificação de risco Moody's classificou a operação com a nota "B3", seis patamares abaixo do grau de investimento. Em nota, a agência disse que a classificação levou em conta a piora da liquidez da empresa, além de fatores como fluxo de caixa livre negativo, alta alavancagem financeira, risco de desvalorização do real e os desafios operacionais em ambiente industrial e econômico difícil.

Fonte: Jornal GGN com títulos da Comunicação do SINDIPETRO-RN

Compartilhar: