Pular para o menu
1348057391
Categorias em luta

Trabalhadores dos Correios deflagram greve por tempo indeterminado

Movimento teve início nesta quarta-feira, 19, e já atinge 19 Estados, com elevados índices de adesão

19 de setembro de 2012 às 09:23

Em assembleias realizadas em Natal e Mossoró, na noite desta terça-feira, 18, os trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos no Rio Grande do Norte aprovaram a deflagração de greve por tempo indeterminado, a partir da zero hora desta quarta, 19. A decisão está sendo acompanhada por trabalhadores e trabalhadoras de pelo menos mais 18 Estados.

Os ecetistas reivindicam reajuste salarial com aumento real, aumento dos valores do tíquete-refeição e do vale-cesta, realização de concurso para contratação de pessoal e manutenção da assistência médica tal qual foi negociada em 2011, entre outras bandeiras. Com data-base em primeiro de agosto, a categoria considera que já deu tempo suficiente para que a empresa pudesse se posicionar.

Até o momento, a ECT fez duas contrapropostas: 3%, que nem ao menos corrigia a inflação e, mais recentemente, 5,2%, que é o IPCA acumulado entre 1º de agosto de 2011 e 31 de julho de 2012. O salário-base inicial de carteiros, atendentes comerciais e operadores de triagem e transbordo é de R$ 942. Dos 35 sindicatos da categoria, que representam cerca de 110 mil trabalhadores, dez ainda farão assembleias até a próxima terça-feira, 25.

 

Compartilhar: