Pular para o menu

Capistrano: O Brasil precisa sedimentar sua democracia

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
ENTREVISTA

50 anos do golpe de 64

O direito à memória e à verdade é um requisito indispensável para que gerações sucessivas possam avançar na construção de uma sociedade mais justa, fraterna e igualitária. Por isso, no momento em que se registra a passagem dos 50 anos do golpe militar de 1964, o SINDIPETRO-RN dá início a uma série de entrevistas com pessoas que o testemunharam. Não esquecer para que jamais se repita é o nosso propósito declarado.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Ato lembra 50 anos do golpe na antiga sede do Doi-Codi de SP

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Na próxima segunda-feira (31), será realizado, na antiga sede do Doi-Codi de São Paulo, hoje 36ª delegacia, na Rua Tutóia, nº 921, um ato que relembrará os 50 anos do golpe militar, ocorrido em 31 de março de 1964.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

50 anos do Golpe de 64

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Pesquisas que a mídia escondeu enquanto insuflava o golpe de 64

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
"PIG"
Chamada: 
"Hoje ao ler jornais, ouvirmos rádio e vermos TVs comerciais, o retrato é de um país à beira do abismo, tudo vai mal"

Situação de quase pleno emprego, milhões de pessoas retiradas da miséria pelo Bolsa Família, pacientes atendidos em cidades que nunca haviam visto um médico antes são apenas alguns exemplos do Brasil ignorado pelo jornalismo “independente”. 

Por Laurindo Lalo Leal Filho*

Em março de 1964, o quadro era semelhante, embora houvesse um fantasma a mais, além do descalabro administrativo: o “perigo vermelho” representado pelo comunismo. Para a mídia, ele estava às nossas portas.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo