Pular para o menu

petróleo

Importação de petróleo recua 21% no início do ano

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

As importações de petróleo em janeiro atingiram 6,312 milhões de barris, uma queda de 21,01% em relação aos 7,991 milhões de janeiro do ano passado. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O gasto com as compras externas do produto recuaram 0,6% na mesma comparação, passando de US$ 630,485 milhões no primeiro mês do ano passado para US$ 626,815 milhões em janeiro de 2011.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petróleo gera maior parte do investimento industrial no país

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Levantamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) mostra que os gastos com refino, exploração e produção somam R$ 378 bilhões de 2010 a 2014.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Opep aumenta de novo projeção da demanda mundial de petróleo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Opep (Organização de Países Exportadores de Petróleo) voltou a subir sua projeção da demanda mundial de petróleo para 2011 devido a uma atividade industrial robusta, especialmente na China e nos Estados Unidos, e a um "inverno glacial" que afetou a maior parte das regiões da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômicos), segundo o informe mensal publicado nesta quinta-feira.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Brasil e Venezuela querem intensificar parcerias em setores como mineração e petróleo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Os governos do Brasil e da Venezuela devem ampliar os acordos bilaterais nas áreas de mineração e petróleo. As negociações estão sendo intensificadas desde a segunda-feira (7), quando o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, reuniu-se com o chanceler venezuelano, Nicolas Maduro, em Caracas.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petróleo sobe com agravamento de tensões no Egito

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O agravamento das tensões no Egito provoca a valorização das cotações do petróleo no mercado internacional. Os investidores estão preocupados com a possibilidade de os confrontos afetarem as operações no Canal de Suez, importante ponto de distribuição do produto extraído no Oriente Médio para os países do Ocidente.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Venezuela poderá ter a maior reserva de petróleo do mundo

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Divulgar conteúdo