Pular para o menu

Câmara debate Sistema de Trabalho, Emprego e Renda nesta terça

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados fará audiência pública nesta terça-feira (29) para debater a importância do Sistema Público de Trabalho, Emprego e Renda.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

De 2004 a 2009, desigualdade entre brasileiros caiu e renda subiu, diz Ipea

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
DISTRIBUIÇÃO DE RENDA
Chamada: 
No período, desigualdade pelo coeficiente de Gini diminuiu 5,6%. Renda média real subiu 28%, segundo pesquisa

De 2004 a 2009, a desigualdade na distribuição de renda entre os brasileiros, medida pelo coeficiente de Gini, diminuiu 5,6% e a renda média real subiu 28%, aponta estudo divulgado nesta quinta-feira (15) pelo Instituto de Pesquisas Econômicas e Aplicadas (IPEA).

Evolução na distribuição de renda foi, em grande parte, motivada pelo crescimento econômico e a geração de empregos, diz estudo

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

31 milhões de brasileiros ascendem socialmente, classe “C” cresceu mais

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A distribuição dos brasileiros por classes socioeconômicas mudou nos últimos cinco anos. Deixou de ter o formato de pirâmide, típico de países pobres, com grande contingente de baixa renda, e passou a ser um losango, figura geométrica que se aproxima de uma distribuição socioeconômica mais equilibrada entre os estratos sociais e frequente em países desenvolvidos.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Renda feminina no NE cresce mais que a masculina em 2010, diz Dieese

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A renda das mulheres cresceu mais do que a dos homens em três regiões metropolitanas do Nordeste pesquisadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sócio-Econômicos) em 2010. Em Fortaleza, Recife e Salvador, enquanto o rendimento feminino por hora avançou entre 1,8% e 12,7%, o masculino variou de -0,2% a 9,7%.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo