Pular para o menu

RN

14ª rodada da ANP: Bacia Potiguar teve apenas um bloco arrematado

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A Bacia Potiguar teve apenas um bloco (POT-T-785) arrematado na 14ª Rodada de Licitações da ANP, realizada nesta quarta-feira, 27, no Rio de Janeiro. O bônus de assinatura arrecadado com a concessão desse bloco foi de R$ 412.500,00.

A empresa vencedora foi a Geopark Brasil Exploração e Produção de Petróleo e Gás Ltda. e a previsão de investimentos do Programa Exploratório Mínimo (conjunto de atividades a ser cumprido pela empresa vencedora na primeira fase do contrato), segundo a ANP, é de aproximadamente R$ 1,18 milhão.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Parente quer entregar 30 áreas produtoras de petróleo em cinco estados

Publicar no Na Hora: 
off

Em comunicado feito ao mercado na noite de sexta-feira, 28, a Petrobrás anunciou a privatização de 30 áreas produtoras de petróleo, nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Rio de Janeiro e São Paulo. Em todos os campos colocados à venda, a estatal é operadora com 100% de participação.  Somente nas concessões de Pescada e Arabaiana, no Rio Grande do Norte, a empresa opera com 65% de participação, pois tem parceria com a Ouro Preto Óleo e Gás. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Portal defato.com repercute denúncias do SINDIPETRO-RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

O último levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP) revelou que a produção de petróleo e gás no Rio Grande do Norte teve uma acentuada queda. Conforme dados publicados na edição do último dia 3 de julho do boletim mensal da ANP, o volume extraído do território potiguar no mês de maio/17 foi de apenas 52.460 barris de óleo equivalente por dia (boe/d).

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Jornal De Fato
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Produção de petróleo e gás no RN diminui quase 18% em um ano

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

De acordo com levantamento realizado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis – ANP, a produção de petróleo e gás natural do Rio Grande do Norte prossegue em acentuada queda.

Conforme dados publicados na edição de 3 de julho do boletim mensal da ANP, o volume extraído do território potiguar no mês de maio/17 foi de apenas 52.460 barris de óleo equivalente por dia (boe/d).

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Greve Geral_30 de junho

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

29/06/2017 - Municípios do RN programam paralisações e atos para o 30 de junho

29/06/2017 - Federação Sindical Mundial solidária com a greve geral de 30 de junho

29/06/2017 - Fortalecer a greve para barrar retrocessos

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Municípios do RN programam paralisações e atos para o 30 de junho

Publicar no Na Hora: 
off
Chapéu: 
Agenda
Chamada: 
Diversas categorias confirmaram participação após convocação nacional feita pelas centrais sindicais

Além da paralisação de diversas categorias contra as reformas trabalhista e da Previdência, convocadas unitariamente pelas centrais sindicais, o dia 30 de junho terá uma série de atividades de rua em todo o Estado do Rio Grande do Norte.

Em Natal, um ato de rua marcará o dia de paralisação com concentração às 15h, no cruzamento das avenidas Salgado Filho e Bernardo Vieira. A manifestação seguirá em caminhada até a Praça da Árvore, em Mirassol.

Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
Publicar no destaque secundário
Compartilhar:

GREVE GERAL ganha força no RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

Além dos petroleiros, trabalhadores e trabalhadoras de diversas categorias profissionais do Rio Grande do Norte já decidiram aderir à greve geral nacional convocada pelas centrais sindicais brasileiras para esta sexta-feira, 28 de abril.  

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
FBP
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petroleiros do RN estão rechaçando proposta da Petrobrás e aprovando paralisações

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora
Chapéu: 
Campanha Salarial

Em sessões deliberativas que começaram na última sexta-feira, 16, a categoria petroleira norte-rio-grandense segue se manifestando de forma praticamente unânime. Com o registro de três abstenções e dois votos favoráveis, 97,3% dos trabalhadores das bases da Transpetro (Macaíba), Polo Guamaré, Embarque Mar, Base 34, Canto do Amaro, Transpetro (Mossoró) e Estreito / FPC rejeitaram de forma acachapante a última contraproposta de Aditivo ao Acordo Coletivo – ACT apresentada pela Petrobrás.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Deivson Mendes
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Petroleiros do RN seguem rejeitando proposta da Petrobrás e aprovando Dia de Luta em 11/11

Publicar no Na Hora: 
off

No Rio Grande do Norte, a segunda contraproposta de Aditivo ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT 2015-17) apresentada pela Petrobrás continua sendo esmagadoramente rejeitada. As sessões deliberativas tiveram início na última quinta-feira, 20, antes mesmo da realização da reunião do Conselho Deliberativo da FUP, que aprovou o indicativo contrário à aceitação.

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
Publicar no destaque principal
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:

Proposta de Parente foi rejeitada por 99,5% da categoria petroleira do RN

Publicar no Na Hora: 
Publicar no Na Hora

A exemplo de outros estados, os petroleiros e petroleiras do Rio Grande do Norte recusaram amplamente (com índice de 99,5%), nas 14 sessões deliberativas realizadas, a proposta de ACT apresentada pela Petrobrás, que congela a tabela salarial, altera a jornada de trabalho com redução de salário e diminui os direitos conquistados pela categoria ao longo dos anos, como a remuneração das horas extras e o auxílio alimentação. 

Imagem para destaque: 
destaque
Crédito da imagem: 
Arquivo
Publicar no destaque principal: 
off
Publicar no destaque secundário: 
off
Compartilhar:
Divulgar conteúdo