Pular para o menu
1374587656
No RN

Categoria petroleira protesta durante visita de dirigentes da Petrobrás

Luta é por mais investimento, mudanças na forma de contratação de serviços e fim do assédio moral

23 de July de 2013 às 10:54

Em Mossoró, a categoria petroleira norte-rio-grandense amanheceu esta terça-feira, 23 de julho, bastante mobilizada. É que, desde ontem, havia a expectativa de visita da presidenta da Petrobrás, Graça Foster, à região oeste do Estado. Apesar de todas as previsões, o fato não se confirmou. No entanto, desde as 6 horas, centenas de petroleiros e petroleiras do setor público e de empresas privadas bloquearam um trecho da BR 110 que dá acesso ao Campo de Canto do Amaro.

No local, está programada a inauguração da ampliação da injeção de água e o lançamento da obra do oleoduto CAM-UTFF. Os trabalhadores reivindicam mais investimentos da Petrobrás na região; criticam o desemprego; defendem mudanças no modelo de contratação de serviços; e o fim do assédio moral na Companhia.

A Petrobrás fez diversas tentativas de furar o movimento, enviando carros para pegar trabalhadores em pontos mais afastados, mas a maioria compreendeu o valor da luta e convenceu a minoria a fortalecer a manifestação. O Sindicato distribuiu uma Carta aberta à presidenta da Petrobrás e pretende discutir as reivindicações dos trabalhadores com os dirigentes da Companhia.

Participam da manifestação o Movimento Pau de Arara, o SIINTROM-MO, a CTB-RN e associações de moradores de assentamentos da região. A crise nos campos terrestres de petróleo do RN vem se acentuando desde o início de 2012. Nesse período, milhares de postos de trabalho foram extintos e diversas empresas abandonaram contratos, deixando a região. No Estado, petróleo e gás respondem por quase 50% do PIB industrial.

Compartilhar: