Pular para o menu
1456149477

Eleição para o CA da Petrobrás: caiu a máscara!

22 de February de 2016 às 10:57

destaque

Foto: Arquivo

Duas chapas disputam a vaga dos trabalhadores no Conselho de Administração da Petrobrás nesse segundo turno da eleição. De um lado, estão o atual conselheiro Deyvid Bacelar e o suplente Bob Ragusa (1010), candidatos apoiados pelo movimento sindical classista, com posicionamentos claros contra o desmonte do Sistema Petrobrás e em defesa dos empregos e da soberania.

Do lado oposto, temos uma dupla que reproduz o discurso do mercado, dos gestores e da mídia, defendendo o enxugamento da companhia, cortes de custos, abandono de projetos e foco na rentabilidade e no lucro. Veja:

  • “Uma das principais coisas a fazer é cortar custos, o que já está acontecendo, mas ainda está muito lento”
  • “É uma medida necessária desinchar a companhia para cortar ainda mais os custos”

Não é hora de vacilar!

Nesse momento de crise internacional, onde as grandes petrolíferas estão demitindo em todo o mundo, os trabalhadores precisam de um representante no CA que defenda seus interesses e não os do mercado. Segundo empresas de consultoria do setor, mais de 300 mil empregos já foram eliminados por conta da queda do preço do petróleo.

A conta dessas crises econômicas são sempre impostas aos trabalhadores, através de cortes de custos, enxugamento e desativação de projetos. Ou seja, o mesmo receituário defendido pela chapa do CA que faz o jogo do mercado.

O momento é grave. Não é hora de vacilar. Deyvid e Bob são os únicos candidatos que podem continuar a luta em defesa dos empregos e contra o desmonte da Petrobrás.

Não se deixe enganar!

A chapa dos trabalhadores é 1010.

Eleição de 20 a 28 de fevereiro - Para votar, acesse cael.petrobras.com.br

Compartilhar: