Pular para o menu
1376340512
Empercom

Trabalhadores decidem permanecer em greve por tempo indeterminado

Salários em atraso, desrespeito ao Acordo Coletivo de Trabalho e assédio moral são os principais motivos

12 de August de 2013 às 17:48

destaque

Foto: Arquivo

Os trabalhadores da Empercom permanecem greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada por unanimidade em assembleia realizada na tarde desta segunda-feira, 12 de agosto, na subsede do SINDIPETRO-RN, em Mossoró.

A suspensão do movimento, com o retorno da categoria aos postos de trabalho, só deverá ocorrer quando a empresa efetuar o depósito dos salários em atraso e assinar um Termo de Compromisso que reafirme a obrigação de cumprimento de todas as cláusulas previstas no Acordo Coletivo e o fim do assédio moral.

Além do pagamento dos salários, os trabalhadores denunciam o descumprimento da jornada, que deveria ser de 44 horas semanais, no período de segunda à sexta-feira, mas vem sendo executada com 40 horas de segunda à sexta-feira e mais quatro horas no sábado.

Sondas – A greve foi deflagrada na madrugada da última quinta-feira, 8 de agosto, e atinge três sondas, localizadas no Canto do Amaro, Estreito e Macau, envolvendo cerca de 200 trabalhadores. O SINDPETRO-RN está à frente do movimento e atua para que a situação seja normalizada, o mais breve possível.

Os trabalhadores voltam a se reunir nesta terça-feira, 13 de agosto, para avaliar o andamento da greve e decidir sobre novos encaminhamentos.

 

Compartilhar: