Pular para o menu
1373473259
É AMANHÃ!

SINDIPETRO-RN convoca categoria para o Dia Nacional de Luta

Diretoria do Sindicato decidiu dar total apoio à deliberação do Conselho Deliberativo da FUP

10 de julho de 2013 às 13:20

destaque

Foto: Graziella Sousa

Reunida no último sábado, 6/07, a Diretoria do SINDIPETRO-RN decidiu dar total apoio à deliberação aprovada pelo Conselho Deliberativo da FUP e convocar a categoria petroleira norte-rio-grandense, tanto do setor público quanto privado, a paralisar as atividades na próxima quinta-feira, 11/07. O movimento tem por objetivo reforçar a programação do Dia Nacional de Luta convocado por todas as centrais sindicais brasileiras e por diversas entidades representativas dos movimentos sociais.

Diferentemente da maioria das mobilizações realizadas nas últimas semanas, as manifestações que deverão tomar conta das ruas do país, neste 11/07, terão uma pauta unitária claramente definida: 10% do PIB para a Educação; 10% do PIB para a Saúde; Reforma Agrária; Retirada do PL 4330; fim do Fator Previdenciário; redução da jornada de trabalho para 40 horas sem redução de salários; suspensão dos leilões do petróleo; além da valorização das aposentadorias.

Nacionalmente, caberá à categoria petroleira enfatizar as bandeiras relacionadas à suspensão dos leilões de petróleo e à necessidade de derrota do PL 4330, que, sob o pretexto de regulamentar a terceirização, ataca direitos e precariza, ainda mais, as relações de trabalho no Brasil. Já, no Rio Grande do Norte, os petroleiros também exigirão que a Petrobrás retome os investimentos na região, abandonando a lógica que passou a direcionar os destinos da Companhia durante a gestão Graça Foster.

Em Mossoró, os petroleiros e demais trabalhadores integrantes da cadeia produtiva do petróleo, inclusive, os milhares de desempregados, prometem sair às ruas para exigir que a Petrobrás cumpra com seu papel de instrumento de apoio e fomento ao desenvolvimento econômico e social nacional, e de combate às desigualdades regionais. Na atualidade, a Companhia vem se orientado, exclusivamente, pela lógica do lucro máximo, com concentração total de recursos nas áreas do pré-sal.

Compartilhar: